Nunca desista!

Heather_Dorniden

Heather Dorniden

 

O que fazer quando caímos?

Levantar, óbvio.

Mas em certas quedas imaginamos que o melhor a fazer é ficar quieto e esperar que se esqueçam de nós. Ou ficar lamentando na incomoda posição de vítima.

A atleta Heather Dorniden estava liderando uma corrida de 600 metros e na última volta tropeçou, caiu e recebeu até uma pisada involuntária no rosto.

O que fazer? O que não fazer? Qual a decisão mais acertada?

O vídeo da corrida já roda a internet há alguns anos e provavelmente você já o tenha visto. Mas mesmo assim convido você a assisti-lo pensando nas quedas que teve, tem e terá na sua vida e a necessária preparação para quando este doloroso momento chegar, na circunstância em que ele vier. Como agir?

Na página da atleta no Facebook (veja aqui) a foto de capa tem a frase Never give up! (Nunca Desista!)

E há também uma frase sua que diz mais ou menos assim:

“Desde que me lembro, eu pensei que era importante ver a vida como um processo de melhoria constante.” – Heather Kampf

Anúncios

Sim, você pode!

Esse depoimento foi exibido depois de uma novela da Globo em 2009 se não me engano, chamada Viver a Vida.

É emocionante a história de superação, fé e autoconfiança.

As 3 frases que ela sempre ouviu, provavelmente você também já ouviu alguma delas: “você não pode“, “se você não fosse assim…” “quando você melhorar…“.

Todas esta frases somente servem para te estagnar.

E apesar das dificuldades, a confiança dela é a mesma reflexão que fica para nós: Deus confia em mim para alguma coisa.

Portanto, descubra essa “coisa” e viva por ela, superando as naturais adversidades que surgem.

Veja o vídeo e emocione-se.

Jogando pra ganhar!

Futebol-Brasileiro

Esta semana foi fatídica e histórica para o futebol brasileiro. A derrota para a Alemanha na última terça-feira está sendo discutida, rediscutida e será ainda por muito tempo. Amanhã tentaremos obter o terceiro lugar na competição enfrentando a Holanda.

Mas não vou me atrever a falar sobre futebol. Tem muita gente entendida falando e o que não falta é palpiteiro.

Prefiro falar daquilo que estou habituado. Problemas humanos, de relacionamento, questões empresariais, de empreendedorismo, de negócios. Enfim, causas e motivos de sucesso e insucesso que venho observando no decorrer desta vida.

Continuar lendo

Nunca desista!

Mais um excelente texto do blog Para Além do Agora.

Por Isaias Costa

LINCOLN_480x360

Se existe um homem que conheceu muito bem o significado da palavra SUPERAÇÃO, este homem foi Abraham Lincoln. A sua história de vida é muito bonita e pode nos dar aquela motivação e vontade que estavam faltando. Se você está pensando em desistir de alguma coisa, trago um excelente texto de autoria de Sérgio Dusilek falando sobre o Lincoln e a superação de limites.

“Um certo homem faliu nos negócios com 31 anos de idade. Foi derrotado numa eleição para o legislativo, com 32 anos. Faliu outra vez nos negócios aos 34 anos. Superou a morte da noiva aos 35 anos. Teve um colapso nervoso aos 36 anos. Perdeu outra eleição com a idade de 38 anos. Perdeu nas eleições do Congresso aos 43, 46 e 48 anos. Perdeu uma disputa para o Senado com 55 anos. Fracassou na tentativa de tornar-se presidente aos 56 anos. Perdeu uma disputa senatorial aos 58 anos. Aos 60 anos,Abraham Lincoln foi eleito presidente dos Estados Unidos.”

Que experiência trágico-cômica, não? Mas aquilo que para muitos serviria como explicação suficiente para uma desistência, tornou-se o combustível de sua luta para superar seus obstáculos. Lincoln não desistiu!

Talvez em sua cabeça ele tenha trabalhado algo como tentativa em vez de fracasso. Seus sucessivos insucessos forjaram seu caráter e permearam uma visão diferenciada dos acontecimentos da vida. Aquilo que os historiadores chamaram de fracasso, Lincoln pode ter bem alcunhado como “mais uma tentativa”. E as tentativas sempre nos ensinam poderosas lições.

O importante é que ele se manteve fiel ao seu sonho, a sua vocação. Sempre vale a pena lutar pelos nossos ideais mais apaixonantes! Sempre acharemos força para continuar quando o que está a nossa frente é algo de extremo valor para nós! Sempre venceremos o desânimo e o cansaço, o vento da síndrome do “não posso”, quando focarmos nosso olhar para a nossa motivação e não para as circunstâncias adversas que por vezes nos cercam. Lembre-se que conquanto situações embaraçosas e inusitadas se apresentem a nós constantemente, tentando tirar o nosso fôlego, o “poder do direcionamento do pescoço” ainda pertence a nós. Em vez de olhar para o problema, focalize (direcione seu pescoço) para sua motivação, seu sonho.

Por fim, lembre-se que a perseverança é a virtude que permite que ingressemos na história e que a façamo-la. Porque Lincoln não desistiu, antes perseverou na realização de seu sonho, ele se tornou um dos maiores presidentes dos EUA.

Seja o que for que esteja desmotivando você nesse momento, olhe para o exemplo de Lincoln e não desista!

Continuar lendo

Dica de filme: O contador de histórias

Irrecuperável!

Qual seria o seu pensamento se se deparasse com um garoto de 13 anos, há vários internado em um centro de reabilitação para menores, campeão de fugas da instituição, que roubasse, cheirasse cola, fosse revoltado com a vida e com a sociedade, e considerado por esta como um ser irrecuperável?

Este foi o perfil do protagonista do filme biográfico O contador de histórias, que narra a historia de Roberto Carlos Ramos.

De toda sua surpreendente história a atuação da educadora francesa que não desistiu de sua educação e não se conformar com o veredito de que um ser humano que vive em torno de 80 anos possa ser considerado irrecuperável com 13.

Trata-se de uma história real que retrata uma época de pobreza, ignorância e falta de perspectiva social que levou uma mãe a pedir a internação de seu filho na FEBEM, confiante na promessa de que era uma instituição educativa e não uma prisão para menores.

Há dois exemplos extremos: como uma criança pode ter sua autoestima destruída, e orientada para a criminalidade em razão do que vê no seu dia a dia, e de como esta mesma criança pode ser modificado através de atitudes de dedicação, respeito, carinho.

Uma emocionante história de superação e de comprovação de que o amor vale a pena.

E Roberto Carlos deu tão certo que hoje vem replicando este amor em favor de outros jovens e crianças que passaram pela mesma situação de risco.

Assista e compartilhe comigo sua opinião.

Veja o trailer: