Viver!

vida

Um dia… Pronto!… Me acabo.
Pois seja o que tem de ser.
Morrer: Que me importa?
O diabo é deixar de viver.

Mário Quintana

De fato, a morte é um fenômeno biológico do qual todos nós temos conhecimento e consciência que vai acontecer.

Diz-se popularmente que a única certeza que temos na vida é que vamos morrer.

Quando e como é que são as grandes incógnitas. Continuar lendo

Anúncios

Diante da Vida!

oliver-sacks

Hoje faleceu Oliver Sacks, médico, neurocientista e escritor inglês que emocionou o mundo com vários livros que se tornaram best-sellers. Tinha 82 anos e descobriu há pouco tempo um câncer terminal.

Em fevereiro de 2015 publicou um artigo no The New York Times relatando a descoberta deste câncer e suas expectativas quanto ao tempo restante de vida neste plano.

A morte é uma certeza de tudo o que tem vida física. Isso é um fato. Vivemos na expectativa incerta de quando será este dia.

Incrivelmente a maioria de nós rejeita sequer conversar sobre a morte como se fosse algo distante e impossível de acontecer a nós ou que fosse uma tragédia irremediável.

Vamos conversar mais sobre o assunto em outra oportunidade, mas hoje vou publicar a comovente e lúcida carta de Oliver Sacks que paradoxalmente fala da vida e do viver, na tradução do site Papo de Homem que você pode ler originalmente Oliver Saks.

Embora ele revele o medo desta nova condição, intuitivamente ele dá conta da confiança na continuidade.

De fato, tudo é vida. Sempre é vida!

Felicidades Dr. Oliver Sacks nesta sua nova etapa de vida!

Continuar lendo

Dica de filme: A partida

 

A dica de hoje é sobre um filme lindo e comovente: A partida filme japonês que foi o vencedor de melhor filme estrangeiro na premiação do Oscar de 2009.

O motivo do filme é aparentemente a morte, mas na verdade fala mesmo é de vida e o modo como a encaramos.

Daigo Kobayashi (Masahiro Motoki), um violoncelista que toca em uma grande orquestra em Tóquio. Com o fechamento da orquestra e em razão de dificuldades financeiras ele é obrigado a se mudar juntamente com a esposa para sua cidade natal, onde herdou uma casa de sua mãe e possui vários amigos de infância.

Com dificuldade para arranjar emprego é atraído para um anúncio que menciona partidas, imaginando se tratar de uma agência de turismo. Mas a vaga é para ser um nokanshi, que é uma função antiga da tradição japonesa que é especialista em lavar e preparar o cadáver antes da cerimônia final.

Continuar lendo