Homens livros

livros

Benjamin Franklin comparou-se a um livro e na sua juventude preparou a inscrição para seu túmulo com os seguintes dizeres: O corpo de Benjamin Franklin, impressor, como a capa de um livro velho ao qual tivessem arrancado as páginas e tirado as letras e o ouro, jaz aqui, comida para os vermes.

Mas o trabalho não terá sido totalmente perdido; porque, segundo ele crê, aparecerá mais uma vez, numa edição nova e mais perfeita, corrigida e aumentada por seu autor.

Podemos, sim, comparar o Universo a uma imensa livraria e a Terra como sendo uma de suas estantes.

Continuar lendo

Anúncios