Viver de mentira

mentira

No último dia primeiro de abril por causa das brincadeiras com o dia da mentira lembrei-me de uma história interessante que ouvi há algum tempo.

Fui procurado por um cliente em busca de orientação jurídica para solução de um problema e como a história não fizesse muito sentido e não fosse muito convincente me saiu com essa:

– Doutor não tenho por que lhe mentir. Só menti três vezes na minha vida: para salvar meu casamento, para não ser mandado embora do trabalho e para não ir preso. Continuar lendo

Anúncios