Há 50 anos (ou Basta!)

O que acontece quando o homem diz basta?

Há exatos 50 anos teve início a célebre marcha por direitos civis dos negros nos Estados Unidos.

Foram três grandes manifestações com a intenção de marchar da cidade de Selma até Montgomery, capital do Estado do Alabama.

A primeira marcha foi em um domingo, dia 7 de março de 1965, que ficou conhecida como Domingo Sangrento pela forma com que a polícia local atacou cerca de 600 manifestantes.

A segunda marcha foi no dia 9 de março de 1965 e teve a presença enérgica do dr. Martin Luther King assegurando o ambiente de paz que não repetiu a agressão anterior.

Finalmente a terceira macha teve início em 16 de março de 1965 e conseguiu chegar à capital do estado no dia 24 de março, sob forte aparato policial, conforme noticiário da época (veja mais aqui)

A luta era por igualdade de direitos. Por liberdade. Por fraternidade.

E é tocante ver que após a agressão no primeiro ato, inúmeros manifestantes brancos se juntaram aos negros para uma grande e pacífica manifestação que culminou com a aprovação da Lei de Direito ao voto dos negros.

Sim isso mesmo que você leu: há apenas 50 anos negros não podiam votar nos Estados Unidos!

Então, para quem acha que o mundo já está pronto (ou estava quando nasceu), que não conhece ou esquece a história recente do nosso civilização que troca por bugigangas a liberdade e a igualdade que já conseguimos conquistar, peço que pense a respeito.

Para quem também reclama de tanta coisa banal, à vezes por pura birra, saiba que os direitos que temos hoje custaram o preço de suor, sangue a lágrimas de muita gente.

A nossa parte? Bom a nossa parte é continuar a promover a mudança no mundo para que tenhamos um dia realizado o propósito de igualdade, liberdade e, sobretudo, fraternidade.

Esta história das marchas está contada no filme Selma que estreou este ano, que você vê no trailer abaixo:

Anúncios

Muito obrigado por compartilhar sua opinião. Em breve seu comentário estará publicado. ESpero que tenha marcado o item "seguir comentários" para saber o que outras pessoas estão falando também. Ah, e se quiser: siga o blog.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s