Você é vítima de quê?

A vida na Terra é estágio dos mais valiosos e oportunidade a ser aproveitada com todas as energias possíveis, embora sejamos sempre relapsos e preocupados (ou distraídos) com questões secundárias da nossa existência.

Das mais importantes ferramentas para nosso crescimento é sem dúvida a paternidade/maternidade.

Quis o Criador que para que tivéssemos uma existência física fosse necessária a união de duas pessoas. Isso já é indicativo de que temos um regime colaborativo e de solidariedade a nos orientar para toda vida.

Todos nós somos filhos, alguns decidem ser pais. Ao optar pela paternidade/maternidade, nos inscrevemos em um curso intensivo que exige uma  melhoria contínua. Sim, porque é impossível você orientar e educar outro ser humano sem que você se eduque primeiro.

Sempre somos exemplos para os nossos filhos, uma vez que até mesmo quando adotamos conduta inadequada estamos ensinando como não fazer.

Mas esta oportunidade divina de sermos cocriadores da vida, além de oportunidade de doação, é ocasião para educação e aprendizado na busca de equilíbrio emocional e psicológico, pois os pais desequilibrados necessariamente projetam esta situação nos filhos.

E não há pais que queiram replicar uma situacao de desequilíbrio, carência afetiva e emocional em seus filhos, mas infelizmente o fazem por ignorância ou até mesmo na ânsia de acertarem, mas sem como fazer isso.

Vi um vídeo da psicóloga Simone Arrojo (http://www.simonearrojo.com.br/) do Programa Virando a Página da Radio Mundial, que sugiro que você assista com muita atenção e reflita se isso reflete de alguma forma a sua vida, seja como filho ou como pai ou mãe.

É a pessoa que se acha vítima da vida ou das circunstâncias e não aproveita essa oportunidade para aprender e crescer e acaba projetando isso nos seus filhos, criando culpa e complexos que são difíceis de serem identificados e mais ainda de serem eliminados.

É fantástica a opinião da Simone Arrojo e espero que você tenha o mesmo aproveitamento que eu tive e estou tendo:

 

Gostou? Comente e deixe sua opinião logo abaixo. E se desejar, siga o blog!

 

Anúncios

Muito obrigado por compartilhar sua opinião. Em breve seu comentário estará publicado. ESpero que tenha marcado o item "seguir comentários" para saber o que outras pessoas estão falando também. Ah, e se quiser: siga o blog.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s