Já que é Natal…

…que seja com música de qualidade!

Anúncios

Dica de filme: Invictus

 

Nesta última semana encerrou uma profícua existência Nelson Mandela, aos 95 anos de idade.

E a dica de filme não poderia deixar de homenagear este homem singular com um drama biográfico: o filme Invictus.

Nelson Mandela (interpretado por Morgan Freeman) foi libertado da prisão depois de 27 anos, em razão da luta contra o regime de separação racial que vigorava em seu país.

Logo depois foi eleito presidente da África do Sul, mas percebeu que 50 anos de ódio racial não iriam ser diluídos facilmente. A guerra civil parecia iminente e inevitável.

De um lado a desconfiança dos brancos de que aquele presidente negro iria aproveitar para se vingar, por parte dos negros um desejo que isso se concretizasse.

Mas ele percebeu que o único caminho seria o do perdão e da superação das diferenças.

Em uma partida do time de rugby de seu país, Mandela percebeu que os negros torciam para o outro time mas não para seu país em razão do preconceito.

Em 1995 quando a África do Sul sediou a copa do mundo de rugby, Mandela percebeu a oportunidade de tentar unificar o país em torno do esporte. Para tanto ele recorreu à ajuda do capitão da equipe François Pienaar, interpretado por Matt Damon, para que ambos fizessem a tentativa de unir o país.

Pienaar não consegue entender como Mandela “poderia passar 30 anos numa cela minúscula, e sai disposto a perdoar as pessoas que o colocam lá”.

Bom, assista ao filme e veja o que aconteceu. É uma história real, emocionante e uma grande lição de vida.

Uma curiosidade, na prisão Mandela lia o poema Invictus, de William Ernest Henley escrito em 1875, o que deu o título ao filme, que pode ser conferido logo abaixo.

Assista e dê sua opinião.

Veja o trailer:

Invictus

Dentro da noite que me rodeia
Negra como um poço de lado a lado
Agradeço aos deuses que existem
por minha alma indomável

Sob as garras cruéis das circunstâncias
eu não tremo e nem me desespero
Sob os duros golpes do acaso
Minha cabeça sangra, mas continua erguida

Mais além deste lugar de lágrimas e ira,
Jazem os horrores da sombra.
Mas a ameaça dos anos,
Me encontra e me encontrará, sem medo.

Não importa quão estreito o portão
Quão repleta de castigo a sentença,
Eu sou o senhor de meu destino
Eu sou o capitão de minha alma.

William Ernest Henley

O tempo

Republicando de Para Além do Agora:

O tempo

Por Isaias Costa

Hoje eu vou ser bem breve. Quero apenas deixar como reflexão este pequeno grande texto do incrível Mário Quintana. Já estamos nos aproximando do final do ano, acho que nada melhor do que um texto falando sobre o tempo e sobre a vida. Boa leitura…

a_tempo

O TEMPO
(Mário Quintana)

“ A vida é o dever que nós trouxemos para fazer em casa…
Quando se vê, já são seis horas!
Quando se vê, já é sexta-feira;
Quando se vê, já é Natal …
Quando se vê, já terminou o ano …
Quando se vê, perdemos o amor da nossa vida
Quando se vê, passaram 50 anos!
Agora é tarde demais para ser reprovado …
Se me fosse dado um dia, outra oportunidade, eu nem olhava o relógio.
Seguiria sempre em frente e iria jogando pelo caminho a casca dourada e inútil das horas…
Seguraria o amor que está à minha frente e diria que eu o amo…
E tem mais:
Não deixe de fazer algo de que gosta devido à falta de tempo.
Não deixe de ter pessoas ao seu lado por puro medo de ser feliz.
A única falta que terá, será a desse tempo que, infelizmente, nunca mais voltará”…

 

Canção de redenção

E quando em nossa vida o que temos para nos apegar são canções de redenção?

Não importa por quantos percalços ou obstáculos você esteja passando, nunca perca a certeza de que isso passa. E se possível, ainda que esteja sofrendo muito, cante. Isso redime a alma.

Não seja escravo:

Emancipem-se da escravidão mental;
Ninguém além de nós mesmos pode libertar nossa mente.

E vença o medo, por maior que seja a ameaça:

Não tenha medo da energia atômica,
Porque nenhum deles pode parar o tempo

Estas citações são da canção de Bob Marley no vídeo abaixo interpretadas pelo projeto Playing for Change (do qual já falei aqui), com artistas e instrumentos de todo o mundo. Esta versão está com legenda da tradução.

Sugiro que ouça refletindo e meditando: 

Canção de Redenção

Velhos piratas, é, eles me roubaram
Me venderam para os navios mercantes
Minutos depois deles
me tirarem do porão sem fundo
Mas minha mão foi feita forte
pela mão do Todo-Poderoso
Seguimos nessa geração
Triunfantemente.

Você não vai ajudar a cantar
Mais uma canção de liberdade?
Porque é tudo que já tive:
Canções de redenção
Canções de redenção

Emancipem-se da escravidão mental;
Ninguém além de nós mesmos pode libertar nossa mente.
Não tenha medo da energia atômica,
Porque nenhum deles pode parar o tempo
Por quanto tempo vão matar nossos profetas,
enquanto ficamos parados olhando?uh!
É, alguns dizem que é só uma parte disso:
Temos que completar o livro.

Você não vai ajudar a cantar
Mais uma canção de liberdade?
Pois tudo que já tive:
Canções de redenção:
Canções de redenção,
Canções de redenção.

Emancipem-se da escravidão mental;
Ninguém além de nós mesmos pode libertar nossa mente.
Úh! Não tenha medo da energia atômica,
Porque nenhum deles pode parar o tempo
Por quanto tempo vão matar nossos profetas,
enquanto ficamos parados olhando?
É, alguns dizem que é só uma parte disso:
Temos que completar o livro.

Você não vai ajudar a cantar
Essas canções de liberdade?
Pois tudo que já tive:
Canções de redenção:
Tudo que já tive
Canções de redenção.
Essas canções de liberdade,
Canções de liberdade

Exemplos de solidariedade

Há algum tempo tem um vídeo que circula pela internet de um russo que gravou pessoas ajudando outras em situações corriqueiras.

Isso serve para nos reafirmar que embora a mídia destaque a violência e tente propagar a desesperança e o desamor, a verdade é que somos cada vez mais solidários.

E o importante é verificarmos que não é necessário grandes feitos, mas atitudes repetidas cotidianamente.

E são atos simples que eu, você ou qualquer outra pessoa pode realizar e tornar a vida mais simples.

Veja o vídeo:

Como visto em http://www.eita.so/veja-o-video-russo-que-fez-o-mundo-parar-para-pensar2/