Dica de filme: O contador de histórias

Irrecuperável!

Qual seria o seu pensamento se se deparasse com um garoto de 13 anos, há vários internado em um centro de reabilitação para menores, campeão de fugas da instituição, que roubasse, cheirasse cola, fosse revoltado com a vida e com a sociedade, e considerado por esta como um ser irrecuperável?

Este foi o perfil do protagonista do filme biográfico O contador de histórias, que narra a historia de Roberto Carlos Ramos.

De toda sua surpreendente história a atuação da educadora francesa que não desistiu de sua educação e não se conformar com o veredito de que um ser humano que vive em torno de 80 anos possa ser considerado irrecuperável com 13.

Trata-se de uma história real que retrata uma época de pobreza, ignorância e falta de perspectiva social que levou uma mãe a pedir a internação de seu filho na FEBEM, confiante na promessa de que era uma instituição educativa e não uma prisão para menores.

Há dois exemplos extremos: como uma criança pode ter sua autoestima destruída, e orientada para a criminalidade em razão do que vê no seu dia a dia, e de como esta mesma criança pode ser modificado através de atitudes de dedicação, respeito, carinho.

Uma emocionante história de superação e de comprovação de que o amor vale a pena.

E Roberto Carlos deu tão certo que hoje vem replicando este amor em favor de outros jovens e crianças que passaram pela mesma situação de risco.

Assista e compartilhe comigo sua opinião.

Veja o trailer:

Anúncios

2 pensamentos sobre “Dica de filme: O contador de histórias

  1. Não conhecia esse filme, mas achei a história bem interessante. Uma das coisas mais legais que pude perceber mesmo sem assistir é sobre a “corrente do bem”. Eu acredito muito nela. O bem que fazemos a alguém se multiplica, e muitas vezes mais até do que a gente imagina. A educadora fez o bem a esse menino, que o fez para outros tantos, e estes, pelo sentimento de gratidão também multiplicaram a ajuda e fizeram o mesmo por outras pessoas.
    Dessa forma o mundo vai se tornando um lugar cada vez melhor de si viver.
    Vou deixar algumas palavras maravilhosas do mestre Dalai Lama que explica essa corrente do bem com suas palavras simples e profundas.

    “Todos temos a mesma responsabilidade e o mesmo potencial. Não devemos pensar: “Ahh! Eu sou apenas um. O problema é enorme, não posso fazer muita coisa…”. Você não deve pensar assim.
    A iniciativa precisa partir de cada indivíduo. Por exemplo, a paz precisa começar da paz interior individual, e dessa forma, uma família pacífica e uma sociedade pacífica. E quando realmente tivermos desenvolvido uma sociedade pacífica. As novas lideranças, vindas desse tipo de sociedade serão mais sensatas.”

    Multipliquemos o bem! Sempre! Abraço!

    Curtir

    • Assista ao filme Isaías, tenho certeza de que vai gostar.
      É esta fé no ser humano que deve ser fortalecida em toda sociedade, para que possamos construir um mundo melhor, como disse o Dalai Lama.
      Até mesmo porque a paz do mundo começa em mim!
      Abraço.

      Curtir

Muito obrigado por compartilhar sua opinião. Em breve seu comentário estará publicado. ESpero que tenha marcado o item "seguir comentários" para saber o que outras pessoas estão falando também. Ah, e se quiser: siga o blog.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s