Do lixo, a Arte!

Não devem descartar as pessoas tão facilmente.

A maioria de nós reclama da vida, aguarda a “oportunidade certa” e determinadas condições para realizar os sonhos e vai deixando o tempo passar, e a vida levar para onde ela quiser.

Sob esta ótica quem está na favela, em um país pobre, vivendo de remexer o lixo as perspectivas de felicidade são quase nulas.

Eis um exemplo comovente de quem está aproveitando a existência para tirar o máximo possível, fazendo música de materiais reciclados do lixo.

Isso mesmo uma orquestra de pessoas que estão em situação de pobreza material, mas de intensa riqueza criativa.

É a Orquestra de Instrumentos Reciclados de Cateura, no Paraguai.

O vídeo é autoexplicativo:

Pobre é quem não tem sonhos.

Anúncios

Muito obrigado por compartilhar sua opinião. Em breve seu comentário estará publicado. ESpero que tenha marcado o item "seguir comentários" para saber o que outras pessoas estão falando também. Ah, e se quiser: siga o blog.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s