Versão beta permanente

Há um conceito interessante em empresas de tecnologia, que é a ideia da versão beta permanente.

A versão beta é aquela em testes para ser aprimorada; certamente vai existir uma versão posterior melhorada e ampliada.

E versão beta permanente é aquela que será constantemente aperfeiçoada. Há sempre uma equipe trabalhando pela evolução permanente da última versão.

Pois é. Acho que também somos assim.

Hoje segunda-feira sou uma versão melhorada de ontem. E amanhã tenho que ser melhor que hoje, e assim sucessivamente.

Esta a função destas nossas curtas existências terrenas: melhoria contínua.

É um conceito que se aplica em qualquer aspecto na vida.

“Somos seres em construção”

Profissionalmente, não há uma zona de conforto que você pode estagnar. É necessário sempre estudar e atualizar.

Toda empresa tem que melhorar o seu produto, tem que melhorar o atendimento e descobrir o que pode fazer para superar o concorrente e surpreender o seu cliente.

Ouvi ou li há algum tempo que a idade da pedra acabou não foi porque acabou a pedra…

Se você se acomodar alguém vai pegar o seu produto ou serviço e vai torná-lo melhor e mais prático.

Nos nossos projetos de desenvolvimento pessoal também é assim. Nos estudos, casamento, namoro, relacionamentos como um todo.

Casais reclamam da rotina, mas na verdade a queixa deve ser contra a acomodação, pois a rotina é algo bom e seguro.

A acomodação e conformismo não.

Tenho visto relacionamentos de sucesso e fracassados.

Os primeiros são de pessoas que surpreendem. Os que fracassam é porque deixaram de se reinventar.

Acomodar com a “versão atual” e pensar-se perfeito é um erro porque em breve estará ultrapassado.

Conformar-se com os seus limites, é acomodar com a forma que sua mente estabeleceu para determinada situação.

Somos seres em construção.

Aliás, aqui existe um aparente paradoxo: se você está em uma posição satisfatória, com rendimento pessoal, profissional, amoroso (ou o que queira) adequado, é preciso mudar para se manter no topo.

Ou seja: para ficar igual, mude.

É preciso se reinventar, surpreender, e fugir do fantasma da acomodação.

Anúncios

Um pensamento sobre “Versão beta permanente

  1. Pingback: O Estado somos nós! | Elder Cardoso

Muito obrigado por compartilhar sua opinião. Em breve seu comentário estará publicado. ESpero que tenha marcado o item "seguir comentários" para saber o que outras pessoas estão falando também. Ah, e se quiser: siga o blog.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s