Amanhã eu faço!

Procrastinação.

Esta palavra complicada traduz uma prática ou hábito comum na vida de muitas pessoas.

Segundo o dicionário é sinônimo de adiamento, deixar para depois.

No dia a dia é fazer depois o que poderia fazer agora.

Pois é. Sabe aquela tarefa complicada, que exige muito, ou aquela outra, bem chata, que sempre vamos deixando para depois. É  este o caso.

Aí quando chega aos 45 do segundo tempo, começamos com a correria e às vezes a tarefa sai, mal feita, com muito estresse, mas missão cumprida.

Quem trabalha com prazo vive isso quase que diariamente.

Costumamos procrastinar decisões importantes na vida de relação também.

Uma conversa importante com um filho, um assunto que está incomodando um casal.

O resultado disso às vezes é desastroso, porque viemos empurrando com a barriga o problema, vai chegar um momento que não dá mais, ou chega a alguma situação limite e é briga na certa.

Já vi pessoas e empresas terem grandes prejuízos porque procrastinaram uma solução que seria facilmente dialogada, mas que por ter sido deixada de lado acabaram na justiça com muito conflito, mágoa e até muito ódio.

Mas além deste hábito de “empurrar com a barriga”, começo a pensar que isso tem a ver com um sentimento de imediatismo.

Somente procuramos fazer o que nos dá um prazer imediato. O que dá a sensação de desconforto, o que dá trabalho, o que faz pensar muito fica para depois.

E o incrível é que o mais das vezes o prazer ou satisfação será maior futuramente, mas optamos pelo imediato, ainda que menor.

Naturalmente este comportamento gera, com o tempo, estresse, sensação de culpa, menos valia, além da perda de produtividade.

E o mais engraçado é que a sensação de que estamos fazendo muito, e que nunca dá tempo é constante.

Penso que a maioria acaba fazendo isso por desorganização, incompetência para gerenciar as tarefas, como acho que é o meu caso.

Mas cuidado. Casos há que necessitam de tratamento especializado, pois podem ser resultado de desajustes ou transtornos psicológicos, como TDAH, depressão, ansiedade dentre outros.

A sensação para o outro é de que a pessoa tem preguiça, não tem ambição, não é esforçada, falta vontade, não é confiável, etc.

Por transtorno ou por ser relaxado é um problema que tem solução.

Tem um vídeo interessante, e se você se identificar com alguma parte dele, não se preocupe é mera obra de ficção…

 

 

 

 

Anúncios

7 pensamentos sobre “Amanhã eu faço!

  1. Elder seu Blog está show. O meu tá meio parado mas gostaria que você o lesse também e possamos gerar diálogos. Excelente a questão da procrastinação que tenho refletido muito em minha, afinal perco muito tempo com pensamentos necessários, excesso de internet etc… Aliás estou aqui procrastinando em plena hora de serviço, mas essa vale a pena pois são para ler seus textos. Um abraço.

    Curtir

    • Obrigado pela visita e pela gentileza da sua opinião.
      Já havia visitado o teu blog há um tempo, e vou me inscrever. Vamos trocando ideias, que só assim a gente cresce, né?
      Sobre procrastinar?
      Eu procrastino
      Tu procrastina
      Ele procrastina…

      Abraço

      Curtir

  2. Pingback: Promessas de Ano Novo | Elder Cardoso

  3. Pingback: Trabalhar sob pressão e a força de vontade | Elder Cardoso

  4. Elder bom texto. Reflexivo, grudou em mim. Luto, “peleo” contra isso em minha vida. Dias “hão” que perco a batalha. Muitas batalhas. Mas tu falou disso com finesa, com elegância. E o vídeo corou. Embora “fictício” (..rs) fala com muita verdade do que acontece. Várias coisinhas supérfluas que nos tomam o tempo. 😦

    Curtir

Muito obrigado por compartilhar sua opinião. Em breve seu comentário estará publicado. ESpero que tenha marcado o item "seguir comentários" para saber o que outras pessoas estão falando também. Ah, e se quiser: siga o blog.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s